quinta-feira, 3 de novembro de 2011

[Crítica] American Horror Story - 1x05: Halloween - Part 2

Sabe aquela sensação de quando sua ex amante volta dos mortos no Halloween e isso é um saco?

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Sério gente, se tem alguma produção onde fantasmas se destacam é essa série, e nada melhor que aproveitar o dia 31 de Outubro pra mostrar eles fazendo a festa. Por isso a série não se contentou em explorar o Halloween apenas em um episódio e precisou mostrar mais um com os fantasmas pintando o sete no dia das bruxas. E se no dia 31 de Outubro os espíritos podem caminhar livremente sobre a Terra, o que esperar desta Parte 2?

O bom é que ele logo começou mostrando as pontas soltas deixadas no episódio anterior. Podemos ver o que aconteceu com Violet antes de seus pais chegarem em casa. Acho que o fantasma com a roupa de coro preta simpatizou com ela, já que não a matou, ou simplesmente tem preconceito contra homossexuais e por isso o Zachary Quinto não escapou de suas mãos no Halloween passado. Após o cara deformado sumir da porta da casa, Violet foi a praia com Tate para não faze sexo, isso porque na hora em que a garota quis, ele se afastou e disse que não podia. Ele colocou a culpa na impotência, mas deve haver outro motivo. Creio que ele também não esteja morto, ou pelo menos pensei isso até o drama do personagem começar a aparecer.

Alguns adolescentes fantasiados apareceram na praia e começaram a atormentar o casal teen do ano. No começo achei que só era porque os dois eram mais fofos que Selena e Justin Bieber, mas depois tudo foi fazendo sentido, inclusive suas fantasias. De acordo com a série, aqueles adolescentes estão mortos e foi seus machucados – que todos pensavam serem fantasias de halloween – dão ‘de verdade’, além de Tate ser o culpado pela morte deles. Não ficou muito claro, mas pelo que parece, anos atrás Tate tocou o terror num colégio e matou vários adolescentes. O problema é que ele não lembra, já que o personagem convenceu muito bem de que não sabia de nada.

Mas o episódio não foi apenas isso, não é? A ponta deixada envolvendo Violet e seu romance não foram o ponto forte do episódio, e sim o retorno da ex-amante-zumbi, que está apodrecendo de dentro para fora, mas ainda arrumou tempo de separar Ben e Vivien. O problema é que Ben não acredita que ela está morta, afinal, é mais fácil acreditar que ela saiu do túmulo quebrando o cimento com os dentes do que acreditar que ela voltou dos mortos para uma visita vingativa.

E o melhor de tudo foi que, apesar de Hayden não estar morta por muito tempo, ela soube aterrorizar a família muito bem, como um fantasma profissional. E se ela já tinha problemas mentais quando viva, imagine agora que está sendo comida por minhocas. Gostei muito da conversa dela e da Vivien, foi reveladora, amante morta grávida com atual esposa grávida sempre dá problema. E ainda descobrimos – Ou pelo menos eu descobri, já que não achei que isso estava claro nos episódios anteriores – que depois da cena de traição, Ben retornou a Boston e ficou de novo com Hayden, foi assim que ela engravidou. Isso nãos e faz, né? Ele mereceu ser expulso da casa, mas infelizmente quem vai sofrer menos é ele, já que a mulher e a filha vão continuar morando com todos aqueles espíritos, que convenhamos, não são poucos.

Acho que o que eu mais gostei no episódio foi o fato de cada espírito querer alguma coisa diferente. Todos morreram ali, mas eles estão longe de se agrupar pra fazer mal a alguém. Um exemplo disso foi a mulher vadia do primeiro dono da casa, que torcia para Ben e Vivien na luta contra Hayden, ela não queria ver mais nenhuma desgraça naquela casa. Entenderam? E eu torço para que Addy volte como um fantasminha brincalhão, porque a personagem vai deixar saudade, muito mais depois da cena dramática da Constance maquiando a filha no necrotério, só para dar um ultimo adeus fazendo seu ultimo desejo: Ser uma garota bonita.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Tate tá morto sim, tá na cara que tá.
    Vários motivos, não vou dizer todos agora pq tô no trabalho e sem tempo rs.
    Mas 1: ele só aceitou sair com Violet no dia do Halloween, pq será? pq os mortos podem andar livremente nesse dia.
    2:Ele só aparece na casa, sempre lá, Lembra que a maluca lá, q se diz mãe dele, passou por fora da casa, e o tate tava na janela, e ela acentou? sim, a corretora de imoveis nao viu nada. e ainda achou estranho a louca acenando.
    3: A paradinha do cara nao sobe, ou se subir, ele não quer correr o risco de colocar um monstro dentro da Violet, como a mãe dela provavelmente está grávida de um.
    4: a louca diz q ele não pode saber sobre a morte da irmã, o q sera q ela teme?

    ResponderExcluir
  2. A menina do high school que o Tate pode ter 'matado' falou que poderia estar hoje com 37 anos , ou seja , Tate deveria ter a mesma média de idade por eles terem estudado juntos . TÁ MORTO!!

    ResponderExcluir