quarta-feira, 23 de novembro de 2011

[Crítica] 11-11-11


Direção: Darren Lynn Bousman
Ano: 2011
País: EUA
Duração: 90 minutos
Título original: 11-11-11

Crítica:

Marque esta data!

Que dia é hoje? 23 de novembro de 2011. Agora eu pergunto para vocês, qual a graça de criticar 11-11-11 mais de dez dias depois da estréia? É por isso que eu não gosto muito destes tipos de títulos. Depois da data determinada, o filme deixa de ser interessante. Este filme, por exemplo, já está velho. A crença de "fim do mundo" já expirou e agora tudo o que resta é um filme nos cinemas. Bem, o importante é que 11-11-11 está chegando no Nosso Mundo Alternativo, parece que neste mundo, contamos os dias de maneira diferente. God bless!

A história segue um homem, Joseph, que, depois de perder sua esposa e filho em um incêndio, se torna uma pessoa seca e sem fé. Tudo parece piorar quando ele recebe uma ligação de seu irmão dizendo que seu pai está condenado e só viverá por mais alguns dias. Sem nada a perder, ele vai até a Espanha, para se despedir de uma vez por todas de seu progenitor. Não demora muito para que ele veja os números 11-11 em diversos lugares e passa a ficar obcecado. Logo, criaturas demoníacas começam a surgir da escuridão e Joseph passa a acreditar que elas querem matar seu irmão...

Se pensarmos bem, podemos nos considerar grandes sobreviventes. Eu acho que já perdi as contas de quantos "fins do mundo" eu já sobrevivi (e vocês também, é claro). É engraçado (ou assustador) como a cada ano que passa, estas datas trágicas vêm aparecendo com cada vez mais frequência. E nada melhor do que um filme diferente para explorar cada situação tensa que temos que enfrentar na realidade. Quem não se lembra da repercussão do remake de A Profecia, que estreou mundialmente 06-06-06? Ou então de 2012, o filme de ficção científica onde todo o nosso mundo é destruído? Pois é, 11-11-11 é apenas mais um para esta lista.

Foram liberados tantos vídeos, trailers e imagens que eu perdi as contas. Nada no material de divulgação tinha realmente chamado a minha atenção, até que surgiu um vídeo ameaçador onde o narrador falava "Este portal irá se abrir... E você estará fudido" (clique aqui para assisti-lo). Achei ousado e inovador, finalmente vi uma luz no fim do túnel. Depois que o filme estreou no Brasil, eu ia logo assistir, mas aí vieram os comentários negativos. Vocês sabem que isso não me desanima, mas li opiniões convincentes em sites de confiança. Por este e outros motivos, decidi esperar. Resultado? Fiz muito bem.

Para resumir, este filme é um saco. É sério! Temos várias cenas chatas, com personagens chatos e conversas chatas. O protagonista enche o saco com o papo de "Não acredito em Deus porque minha família morreu". Em contrapartida, seu irmão também enche o saco falando exatamente o oposto "Você tem que acreditar em Deus". Nisso tudo, ficamos completamente perdidos por causa de dramas cretinos que não despertam o nosso interesse. E para completar o nosso desgosto, o diretor insiste em mostrar alucinações da família no protagonista gritando no fogo. Pelo amor de Deus, nunca vi alucinações tão cansativas e repetitivas.

Então, de repente, o protagonista se convence que algo importante vai acontecer no 11/11 e começam a aparecer provas mais concretas. A maioria das aparições é falha, não cumprindo bem o seu papel, que seria o de assustar. Tivemos apenas uma ou duas cenas realmente legais antes do desfecho, o que é muito pouco para sustentar o interesse por um filme inteiro. Para nos salvar de uma catástrofe maior, o roteiro dá uma melhorada lá pro final, onde as coisas ficam realmente diabólicas. Parecia óbvio que aconteceria alguma reviravolta, até porque, com tudo o que tínhamos visto antes, dava para sentir o gostinho de uma coisa faltando. E, apesar da reviravolta ser óbvia, eu gostei bastante. Pelo menos aconteceu alguma coisa.

Nem vou dizer se eu recomendo ou não, porque o filme é extremamente mediano. Muitas pessoas irão adorar e outras compartilharão da mesma opinião que eu e irão achá-lo entediante. Acho que o roteiro tinha muitas possibilidades e situações para explorar, mas decidiu se prender ao que tinha de mais básico. No blog Amor Imortal, tem uma crítica deste filme com várias curiosidades interessantes sobre o número 11 (Clique aqui para ler a postagem), acho que vale mais pena que o próprio filme. Enfim, façam sua escolha (Jogos Mortais feelings)! Nota 6,5.

Trailer Legendado:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. VANESSA VASCONCELOS23 de novembro de 2011 19:27

    TODO SITE OU BLOG QUE EU ENTRO VEJO ALGUEM METER O PAU NESSE FILME ,E EU NEM ASSISTI AINDA,QUE DECEPÇAO ,VOU ASSISTI-LO COM UMA MÁ VONTADE DA PORRA,QUE PENA POIS O DIRETOR FEZ A MELHOR SEQUENCIA DE JOGOS MORTAIS QUE FOI O 2 ,HÁ EO 3 EO 4.QUER FILME BOM VEJA;THE CRAZIES,O CUBO ,MUTAÇAO,INVASORES DE CORPOS-A INVASAO CONTINUA EA ULTIMA CASA.TODOS ESSES SAO ALTAMENTE RECOMENDAVEIS,VC NAO SE ARREPENDERÁ JAMAIS .BOM ,I HAVE TO GO.........

    ResponderExcluir
  2. Cara...acho incrivel,todas as criticas que eu leio aqui de filmes que eu já vi as nossas opiniões são exatamente iguais.
    Também achei o filme chato demais, e concordo que o final salvou meio ingresso.
    Parabéns pelo site e principalmente pelas opiniões e criticas.

    ResponderExcluir