terça-feira, 16 de agosto de 2011

[Crítica] Supernatural - 6ª Temporada

Status: Renovada
Duração: 45 minutos
Nº de episódios: 22 episódios
Exibição: 2010
Emissora: CW

Dean: Quer saber? O Sam dá conta disso.
Lisa: Dean, sem ofensa, mas se você não sair por aquela porta, eu atiro em você.


Crítica:

(Texto com Spoilers)

Quem disse que após a tempestade vem a abonança? Tio Lucy foi mandado de volta pra gaiola, mas demônios ainda existem e eles não param só porque seu papai está fora de combate. Sem falar no resto das criaturas, que ficaram pagando pau pros Winchester depois que eles derrotaram Lúcifer. Mas, por um preço muito alto.

Dean começou a ter uma vida normal com Lisa e o filho dela Ben, mas sua “vida passada” deixou certas seqüelas. Além da dor de ter perdido a pessoa que mais amava na vida, ele teve que lidar com um transtorno obsessivo compulsivo de achar que as criaturas das trevas não querem deixá-lo ter uma vida normal e estão tramando contra ele e sua nova família. Compreensível, né? Depois de 40 anos no inferno (Já que 4 meses equivalem a isso por lá) e de ter visto em 5 anos as piores criaturas que poderiam existir incluindo o capeta, é claro que só podia dar nisso. Mas Sam retornou sem saber como ou porque. É claro, tem as cenas fofis de “eu te amo, irmão” que sempre tem, mas alguma coisa está errada. Sam está... Diferente. No começo Dean não sabe o que achar e opta por acreditar que está tudo bem com seu irmão mais novo, até Sam provar que não tem pena de ninguém, nem da própria família. Num episodio, ele deixou Dean ser transformado em vampiro só pra poder colocá-lo dentro do covil de vampiros e matar todos eles. É claro, existe uma cura, mas Sam não estava nem aí. E o motivo de tudo isso foi revelado quando Castiel enfiou a mão e tocou seu interior (Sem duplo sentido), descobrindo que seu corpo saiu da gaiola de Lúcifer, mas sua alma continua lá (!). Tipo, ele ta andando por aí sem alma, pegando qualquer mulher que vê e não ta nem ligando se o próprio irmão vai morrer. Que coisa não?

Tirando esta parte, a sinopse real da temporada é uma coisa completamente nova, nunca falada antes em toda a série. O Purgatório. Sim, ele existe, ou vocês pensaram que as criaturas como vampiros iam pro inferno? Pois é, lá é o lugar pra onde as criaturas vão e o demônio Crowley está de olho nisso, já que quer as milhões de almas do purgatório pra ficar poderoso, agora que se tornou o rei do inferno. Mas como saber onde fica o purgatório? Simples, é só pegar as criaturas primogênitas, e isso foi genial. Em um dos melhores episódios aparece o primeiro vampiro da história da humanidade, que revela que é tão velho que quando a raça humana descobriu o fogo era ele a criatura na escuridão.

O ruim desta Temporada é que ela parece ser dividida em duas. Antes do Hiatus, a serie tinha se perdido completamente. Os episódios eram banais, e com certeza apenas 4 de 12 eram realmente legais. Não tinha uma trama, um vilão, nem um propósito maior, era simplesmente mais do que Sam e Dean fizeram muito melhor nas outras temporadas. O melhor episodio anterior ao Hiatus foi o ultimo, não sei se é o 12. Dean procurou sua amiga Morte pra saber se ela podia trazer a alma de Sam de volta. A morte disse que sim, mas só se Dean aceitasse fazer seu trabalho por 24 horas. É claro que ele aceitou, mas seu coração falou mais alto quando teve que matar uma garotinha com câncer e desistiu, criando um efeito borboleta cretino que acabou matando uma enfermeira do hospital. As coisas tem que seguir normalmente, de fato, mas a morte ainda assim devolveu a alma de Sam e criou uma parede pra ele não se lembrar do inferno, ou iria enlouquecer. Creio que fizeram isso só pra ter o que falar em mais um ou dois episódios. O Dean lembra de tudo do tempo em que ficou no inferno e ta muito bem. O Sam agora é sensível demais?

Depois do Hiatus a série voltou com força total. Acho que foi o tempo que roteiristas e diretores precisaram pra perceber o erro e fazer a série voltar a ser o que era antes. O episodio de retorno foi um envolvendo dragões, mas nos brindou com um dos melhores finais da série e uma das melhores aparições: A nova vilã saiu do Purgatório, e ela é nada mais, nada menos que a mãe de todas as criaturas que existem na Terra. Isso mesmo, tão velha quanto Deus e que ama tanto seus filhos, ela saiu do Purgatório em busca de vingança contra Crowley e os demônios que estavam torturando seus filhos. Seu nome é Eve e apesar de ninguém ter explicado ou falado sobre isso, ainda acho que tenha haver com Adam e Eve, os primeiros seres humanos criados por Deus que foram expulsos do paraíso.

Com um novo vilão em cena, a trama ganhou história e um propósito, Supernatural já tinha voltado ao normal. Acho que o único episódio fraco depois do Hiatus foi onde Dean volta no tempo pra pegar cinzas de Fênix, a única coisa que pode matar Eve. Não foi muito legal, já que mostrou um cenário cowboy e aquela cena clichê de faroeste onde dois homens se encaram e depois puxam suas armas pra se atirar. Não foi ruim, foi apenas fraco comparado ao resto dos episódios.

Meu episodio preferido da temporada foi um onde Dean e Sam caçaram Eve e acabaram descobrindo onde ela está. Após uma conversa bastante reveladora, Eve explicou seus motivos e muita coisa fazia sentido. Era a ordem natural ela criar criaturas, eles matarem humanos, os humanos começar a matá-los e depois alguns deles transformarem outras pessoas, ela estava feliz, mas daí Crowley começou a torturar seus filhos e ela ficou louca da pussy. Afinal, mamãe coruja é assim mesmo. Ainda neste episodio, Eve cometeu o grave erro de morder Dean, que sabia que isso podia acontecer e antes de ir encontrá-la, colocou um pouco das cinzas de fênix na sua bebida. Conclusão, Eve provou do sangue dele com gostinho de Fênix e caiu dura no chão. Sim, a maior candidata a vilã mór da temporada tinha acabado de morrer e isso só significava uma coisa. Crowley voltou, e descobrimos que ele está sendo ajudado por Castiel a encontrar o purgatório. Quem esperava por essa?

O episodio da morte de Eve deixou muito fã com a cara na poeira, mas não era pra tanto. Eu particularmente odeio o Crowley e só de saber que ele foi o grande vilão da temporada, fico com raiva. Ele era apenas um demoniozinho de encruzilhada que selava pactos e de repente rei do inferno, e de repente comparsa de Castiel, e de repente vilão da temporada. Mas mantenham a calma, isso não estragou em nada o objetivo da série.

No final, foi descoberto um feitiço para abrir as portas do Purgatório, mas Castiel não recebeu a bênção de Dean e Sam. Confiar em demônios dá em besteira e Sam provou isso com a Ruby, e agora Castiel quer meter a mão em milhões de almas pra acabar com o reinado no céu de seu irmão Rafael mesmo que tenha que confiar em um demônio. Em paralelo a isso, a parede que a morte colocou na mente de Sam foi quebrada e ele começa a lembrar e a sentir tudo o que aconteceu no inferno. Depois de uma briguinha entre Castiel e Crowley, Cas provou que é o anjo divo da reviravolta e o enganou, ficou com todas as almas do purgatório só pra ele. Conclusão disso tudo? Castiel se tornou o novo Deus e a primeira coisa que fez foi matar Rafael.

O final desta temporada também é surpreendente, e talvez, revoltante. Castiel, agora todo poderoso, disse que se Dean e Sam não se voltassem a ele e o reconhecessem como Deus, iria matá-los. É isso que o poder faz com as pessoas mesmo. A cena final foi esta, Castiel numa cretinagem angelical sem tamanho enquanto Dean e Sam ficaram sem palavras. Não sei o que vai acontecer na 7ª Temporada, mas me disseram que Castiel não vai ser mais um personagem fixo, só que não é muito aceitável já que o final deixou claro que o retorno da série vai focar nele. Creio que ainda tenha muita coisa pra contar, e eu espero que a 7ª Temporada seja como as outras, inteiramente boa e não dividida e com episódios ruins como na 6ª. Vamos esperar, a Fall Season está perto e vou acompanhar com vocês e criticar aqui no blog. Só mais uma coisa. Vocês também acham que seria uma ótima idéia trazer a Bela de volta como um demônio? Afinal, ela já passou alguns milênios no inferno e o seriado ta precisando de mais uma Bitch. Quem quer?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
4 Comentários

Comentário(s)

4 comentários:

  1. eeu adoravaa a bela tomara quee ella voltee

    ResponderExcluir

  2. "O Dean lembra de tudo do tempo em que ficou no inferno e ta muito bem. O Sam agora é sensível demais?" Foi explicado que o Lúcifer estava "brincando" de torturar a alma de Sam etc etc etc. Então concerteza foi 3216544510 pior que o Dean.

    Enfim, não achei a Eve uma vilã muito boa, achei ela meio mal aproveitada, ela apareceu (não citada) por uns 3 episódios (sendo que só em 1 teve grande destaque) e já morreu, claro que foi por um propósito maior, mas daria pra aproveitar mais.

    O episódio que eles vão buscar as cinzas da fênix está entre os meus preferidos! Aquele momento e todas as cenas "clichês" tinham esse objetivo: ser clichê, mas engraçadas. E eu particularmente, espero que a série aposte mais em episódios cômicos. Aliás, o meu episódio preferido da 6ª temp. é o 6x15, aquele que o Dean e o Sam vão num "universo alternativo" em que Supernatural é um programa de tv, ou seja, a vida real.

    Acho que esqueci mais coisas, mais estou com preguiça de digitar agr w.w

    ResponderExcluir
  3. Manu, a 6° temporada foi de longe a pior. Acho q foi a primeira vez q vejo alguém q goste. É tanta coisa ruim q eu nem sei por onde começar. O retorno do avô cretino dos meninos, desnecessário. Aqueles primos nada a ver, desnecessário. A vilã foi de fato mto mal aproveitada, acha-la e mata-la foi mto fácil. A forma q o Sammy foi torturado realmente foi pior q o Dean pq ele ficou na jaula sendo brinquedinho do tio Lu e do arcanjo Miguel, forças mto mais poderosas do q os demônios banais q torturaram o Dean. Acho q foi uma grande prova de amor a serie de todos q conseguiram ver toda a 6° temporada e seguir em frente ainda amando os Winchester

    ResponderExcluir
  4. Manu, a 6° temporada foi de longe a pior. Acho q foi a primeira vez q vejo alguém q goste. É tanta coisa ruim q eu nem sei por onde começar. O retorno do avô cretino dos meninos, desnecessário. Aqueles primos nada a ver, desnecessário. A vilã foi de fato mto mal aproveitada, acha-la e mata-la foi mto fácil. A forma q o Sammy foi torturado realmente foi pior q o Dean pq ele ficou na jaula sendo brinquedinho do tio Lu e do arcanjo Miguel, forças mto mais poderosas do q os demônios banais q torturaram o Dean. Acho q foi uma grande prova de amor a serie de todos q conseguiram ver toda a 6° temporada e seguir em frente ainda amando os Winchester

    ResponderExcluir