sábado, 14 de setembro de 2013

[Crítica] Kick-Ass - Quebrando Tudo


Direção: Matthew Vaughn
Ano: 2010
País: EUA
Duração: 117 minutos
Título original: Kick-Ass

Crítica:

Eu não tenho super poderes. Mas posso chutar seu traseiro.

Apesar de estar sempre focado no gênero terror, confesso que gosto sempre variar e assistir outros gêneros. Quem acompanha as críticas aqui no blog sabe que até mesmo as animações mais improváveis e inocentes já passaram pelo meu mundo. Eu não sou chegado em comic books (acreditem, eu já li alguns, mas não é algo que eu particularmente goste), mas adoro adaptações cinematográficas a partir deles. Além disso, todos precisam de uma boa história de super-heróis de vez em quando, certo? E quando falo do assunto, apenas dois filmes me vêm à cabeça, Kick-Ass - Quebrando Tudo e Scott Pilgrim Contra o Mundo, que é outro grande filme para quem curte quadrinhos.

A história segue Dave, um garoto nerd-comum que decide vestir uma roupa de super-herói e fazer o bem, tornando-se assim, o Kick-Ass. Mas ele é apenas uma pessoa comum e o fato dele não ter super poderes pode complicar um pouco sua situação. Para lhe ajudar, entra em ação a Hit-Girl e o seu pai, Big Daddy - que também não têm poderes, mas possuem a habilidade de combate que Dave carece. E como toda boa história de heróis, tem que ter um vilão. Para esta função, foi escalado Frank D'Amico, um homem rico que comanda o tráfico de drogas. Juntos, os quase-super-heróis terão que lutar para acabar com os mafiosos de uma vez por todas...

Para começar, devo dizer que a temática desse filme me lembrou um pouco a do Defendor, outro filme de pessoa comum dando uma de super-herói. Apesar da base da história ser a mesma, os dois filmes são completamente diferentes. Defendor tem tom mais sombrio e dramático, sem contar que é um tanto mais sério e maduro que este. Isso obviamente não quer dizer que Kick-Ass - Quebrando Tudo seja ruim, apenas que se trata de dois filmes diferentes. A grande questão é que ambos os filmes tentam passar essa brilhante ideia de realidade em um mundo onde é possível se ter "super"-heróis. Não é incrível?

Esse filme tende a surpreender o espectador logo em sua primeira cena. Como diversos outros filmes do mesmo estilo, temos uma narração e cenas de um herói prestes a pular de um prédio para a glória total. Porém, esse não é um filme ordinário e a conclusão dessa cena acaba se tornando inesperada e muito engraçada. E é justamente nisso que o roteiro acerta. Esse choque de realidade. Ele coloca situações realmente inesperadas que parecem ser frutos da imaginação dos personagens, mas é real. O começo não é o único momento onde os personagens são assombrados pela dura realidade. Uma pessoa sonha em ser um herói, se fantasia e sai às ruas para combater o crime. O que vocês acham que pode acontecer? Acreditem, vocês irão se surpreender mesmo assim.

Não posso fazer uma crítica sem dedicar todo um parágrafo para a sempre excelente Hit-Girl, certo? Interpretada por Chloe Moretz (Deixe-me Entrar), a personagem literalmente rouba a cena. Quem quer saber de Kick-Ass quando ela aparece dizimando mais de uma dúzia de pessoas? O confronto final quando ela tem que passar por um bando de guardas armados para chegar no chefão é, simplesmente, épica. Nicolas Cage, que interpreta o pai da Hit-Girl, também merece ser citado. Depois de participar de algumas produções duvidosas, ele finalmente acerta em cheio. Kick-Ass nasceu para ser um clássico e será lembrado por muitos anos ainda.

Se você é fã de revistas em quadrinhos, filmes de super-heróis, videogames ou qualquer outra coisa do tipo, você realmente não pode perder a oportunidade de assistir a este filme. Isso, é claro, se há alguém que ainda não o assistiu. Não posso deixar de dizer que, além de toda a luta, o filme também está repleto de violência e sangue Até mesmo os fãs de filmes de terror não se sentirão decepcionados quando a Hit-Girl entrar em cena. Se você quer ver um filme com ação com bastante humor e com uma perspectiva original sobre os heróis, você certamente não pode perder Kick Ass - Quebrando Tudo.


Trailer Legendado:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. ta ai um filme foda!!!! e diferente a historia original do quadrinho pro do filme tipo o quadrinho e muito mais violento e realista e a historia muda tb mais os dois são fodasticos^^!! curti muito esse filme e Mark Millar e John Romita Jr estão de parabens por criar Kick-Ass.

    ResponderExcluir